Petrotest- Medida da Estabilidade à oxidação Petrooxy

O PetroOxy utiliza uma câmara de ensaio hermeticamente fechada onde se aquecem 5 ml de uma amostra juntamente com oxigénio. O processo resulta num envelhecimento artificial da amostra, que é detectado por uma queda de pressão no sistema. Verificou-se que o tempo necessário para a queda de pressão está directamente relacionado com a estabilidade à oxidação.

Os resultados incluem todos os voláteis e produtos de oxidação não volátil, proporcionando uma análise completa da estabilidade da amostra de oxidação.

O equipamento de medida de estabilidade à oxidação (RSSOT) – PetroOXY está de acordo com as novas normas ASTM D 7525 (Gasolina), ASTM D 7545 e EN 16091 (Diesel, Biodiesel (FAME) & misturas)
Trata-se de um teste rápido de oxidação em Pequena Escala (RSSOT) e permite avaliar a estabilidade de armazenamento de combustíveis líquidos (gasolina, diesel, biodiesel, / fama e misturas), graxas ou óleos.

O PetroOXY automático oferece boa reprodutibilidade, em menos tempo em relação aos métodos convencionais (Rancimat) !

* Controlado por microprocessador
* Possibilidade de armazenagem de resultados de 20 testes
* Armazenagem minuto a minuto dos valores medidos de pressão e temperatura
* Possível armazenagem de um conjunto de 16 mil valores

* Possibilidade de exportação de dados para PC

Partilhe esta publicação

Mais Notícias

Certificação do IAPMEI

É com um imensurável prazer que comunicamos o cumprimento dos critérios de micro empresa nacional com a respetiva atribuição do Certificação PME: “O IAPMEI –

Ler Mais »